GALERIAS

ENQUETES

O que você achou do novo site do Colégio Potência?


Ver resultados

Aluna do Colégio Potência quase gabarita redação do Enem




Há poucas semanas, Maria Eduarda Dutra da Fonseca, ex-aluna do Colégio Potência, dividiu com leitores um pouco sobre a rotina de preparação e suas expectativas em relação ao Enem. O resultado por aluno, divulgado pelo Inep na quarta-feira, dia 18, só veio para comprovar que cada sacrifício valeu a pena: a futura farmacêutica não só conseguiu superar a nota de corte das federais como cravou 960 pontos na tão temida redação do Enem, colocando-se entre as melhores médias do país. A média nacional ficou entre 501 e 600. Ao todo, 6,1 milhões de pessoas fizeram as provas e, destes, apenas 77 obtiveram nota 1.000 no Brasil.           
Mas se engana quem pensa que a vitória veio fácil. A estudante de 18 anos conta que, a princípio, não conseguia sequer atingir 50% da média e só com muita dedicação conseguiu vencer, uma a uma, as barreiras que a separavam de seu sonho.  Seu desempenho não foi recebido com surpresa, uma vez que havia se preparado para isso, mas representou bem o seu empenho: “Comecei o 3° ano fazendo, em média, uma redação por semana, além das redações pedidas pelo colégio e as dos simulados. Em agosto, já fazia de duas a três redações extras por semana, sempre pesquisando antes cada tema. Cheguei a pesquisar assuntos sobre os quais não tive tempo de escrever, para não me deparar com um tema sobre o qual eu não tivesse algum conhecimento prévio”, revela.            
Toda essa dedicação vinha mais da consciência da importância da redação do que de uma facilidade propriamente dita: “Foi uma verdadeira superação. Quando eu comecei no Colégio Potência, atingia, em média, 480 pontos. Minha professora de redação, a Liliana, sempre deu muito suporte. Ela é muito exigente, mas sempre disposta a ajudar, dar dicas de como melhorar o desempenho e até mesmo a corrigir as redações que eu fazia fora da escola, dando notas conforme as exigências do Enem. Assim eu sempre tinha a noção de quanto tiraria na prova. Esse preparo e apoio que recebi do colégio, com certeza, fez toda a diferença”, conta.            
O processo do Sistema de Seleção Unificada (Sisu), pelo qual os alunos ingressam em federais, ainda não foi concluído, mas diante da sua média geral e das notas de corte dos últimos anos, Maria Eduarda acredita que a tão sonhada vaga em uma faculdade federal para o curso de farmácia será alcançada. “O Enem é muito cansativo e exige preparação. Quanto mais cedo se começa a estudar, maiores são as chances de se conseguir uma vaga em uma federal. O estudante deve se organizar, evitando a tão temida “matéria acumulada”. Particularmente, recomendo a que se estabeleça um cronograma de atividades diárias e o deixe visível. Estude e busque seus sonhos com toda a garra que você possui. Nada é impossível”, incentiva.


 
Inscreva-se no Pré-Enem

           
Já estão abertas as inscrições para as novas turmas do Pré-Enem/Pré-Vestibular do Colégio Potência.
Durante o curso, que se estende até 25 de novembro, o aluno é preparado por meio da aplicação de sete exames simulados, elaborados pelo Bernoulli, que reproduzem o nível de dificuldade observado no Enem. O material didático ainda inclui quatro conjuntos de Teoria (oito livros) e a Revisão Enem.

Para fornecer ao vestibulando uma preparação ainda mais completa, toda uma estrutura é montada: salas de aulas amplas, suporte tecnológico e apoio psicológico/orientação profissional com a psicóloga Sandra Moreira Gonçalves. Quer outra boa notícia? Aqui o preço é justo e as condições de pagamento, facilitadas, porque o seu futuro não pode esperar a crise passar. As mensalidades têm desconto até o dia 8 de cada mês e o material didático pode ser pago à vista, com desconto, ou parcelado em até 5 vezes, no cheque ou cartão. Garanta já a sua vaga!

 


Publicado na editoria Educação, no dia 20/02/2017

Localização

Rua André Rodrigues da Silva, 150 - Campo Alegre -
Conselheiro Lafaiete (MG) - 36400-000
(31) 3763-3700 / (31) 3761-1900